Setores das PMs tentam formar milícias pró Bolsonaro

Outras Palavras

<contato@outraspalavras.net>
18 de junho de 2020 22:18
Para: institutouniversidadepanameria@gmail.com
Boletim de atualização nº 1429 - 18/6/2020leia no navegador

Os R$ 600 que podem mudar a face do Brasil

O Auxílio Emergencial pago a 64 milhões de pessoas desde abril está ameaçado pelo governo Bolsonaro-Guedes. Começou uma campanha da sociedade civil para defendê-lo. Parece ser por dinheiro – mas é por um mundo novo. Por isso, vale a pena
Por Antonio Martins
🎙️ TIBUNGO
 

Por que sem Saúde não há Democracia

Nas raízes do SUS, criado em 1988, no pós-ditadura, o entendimento de que o autoritarismo ameaça o público e a Saúde. Com pandemia, debate é retomado -- e mostra que luta para erradicar vírus também passa pela defesa da Constituição
Alcides Miranda em entrevista a Maíra Mathias, no Tibungo

Como a “austeridade” devastou a Saúde inglesa

Sistema público foi desmontado: orçamento reduzido, fragmentação da gestão e cortes em milhares de leitos e postos de trabalho. Conservadores viram, na pandemia, oportunidade para acelerar privatizações -- em contratos suspeitos e sem licitação
Por Felipe Munhoz Martins

Quem tenta ameaçar a democracia no Brasil

Setores das PMs, a partir de seus comandos, flertam com o bolsonarismo. Ultradireitistas de “clube de tiro” tentam formar milícias. Presidente instala militares em 3 mil cargos federais civis. É preciso compreender -- e enfrentar -- riscos autoritários
Por Almir Felitte

As origens e lógicas pouco conhecidas do racismo policial

No início do século XX, elites brancas tramavam abertamente um Brasil sem negros ou mestiços. Como esta obsessão, no fundo uma tentativa de submeter as maiorias de qualquer cor, está entrelaçada aos assassinatos impunes da polícia
Por João Soares, na DW Brasil

Na pandemia, agricultura familiar teme o êxodo

Epidemia afeta 18 milhões de pequenos produtores e extrativistas. Com feiras fechadas, e sem vender para merenda escolar, eles não têm acesso ao auxílio emergencial. Muitos podem deixar o campo. Negligente e pró-agronegócio, governo nega crise
Por Nádia Pontes, na DW Brasil

Edgar Morin e as perguntas sem resposta de nosso labirinto

“Os desconfinados retomarão o ciclo cronometrado, acelerado, egoísta, consumista? Ou haverá um novo renascimento da vida convivial e amorosa rumo a uma civilização na qual se desenvolve a poesia da vida, onde o ‘eu’ floresce em um ‘nós’”?
Por Edgar Morin, traduzido por Edgard Carvalho e Fagner França, no IHU Online

Como a pesquisa nacional poderia combater a pandemia

Fiocruz, Butantã e outros órgãos têm conhecimento, capacidade tecnológica e experiência para produzir em massa testes, vacinas e equipamentos contra a covid-19. Mas ação é minúscula, devido a política negligente do governo diante da ameaça
Por Cátia Guimarães, na EPSJV/Fiocruz
OUTRA SAÚDE
 

Gol contra: o futebol quer voltar, em meio à pandemia

Mesmo com jogadores atingidos pela covid-19, Federação Carioca planeja retorno a seu campeonato e pode carregar resto do país. OMS adverte: contágio pode recrudescer. E mais: militares tentam calar servidores do ministério da Saúde
Por Maíra Mathias Raquel Torres

E o cinema brasileiro dribla a pandemia…

Estreias e filmes inéditos no canal Itaú Play e no Belas Artes Drive-in. Entre elas, o premiadoPiedade, dum Claudio Assis mais sutil e maduro, mas com suas marcas registradas: denúncia das injustiças, olhar amargo e o sexo como força libertária
Por José Geraldo Couto
Em tempos estranhos, apoie um jornalismo incomum
O normal nos levou à catástrofe. Em meio à pandemia, é crucial construir alternativas ao ultraliberalismo -- ou naufragamos. Para que nunca mais voltemos à normalidade que leva à barbárie, sustentamos que o pós-capitalismo é possível -- e você pode ajudar Outras Palavras nessa travessia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PELO O FIM DA REDE GLOBO

Conservadores não se convertem nem têm jeito. Nem como papa se salvam!

LADISLAU DOWBOR