domingo, 29 de março de 2020

Os apostadores na Geração Alfa

A geração Z está sendo substituída pela Alfa, e promete mudanças na humanidade Familia 28 de março de 2020 17:19 Apoiemos as novas gerações para mudar o mundo em que vivemos por um muito melhor, com mais valores e esperança de vida. Certamente, já ouviu falar dos tipos de geração a que os seres humanos pertencem de acordo com o ano em que nasceram. No entanto, algumas pessoas ainda não sabem qual é o objetivo dessa classificação. A identificação dos limites de gerações é de grande utilidade para os investigadores sociólogos, antropólogos, psicólogos, mercadologistas e comunicadores, pois compreender como um coletivo de pessoas interage ou se relaciona com os acontecimentos sociais ou tecnológicos é de grande importância para a evolução humana. Esta ferramenta também é funcional para qualquer pessoa, já que através das classificações podemos conhecer um pouco mais sobre a personalidade, as habilidades, capacidades ou preferências das pessoas, com foco no consumo ou trabalho a ser realizado (no caso dos recrutadores). Antes de começarmos a falar da geração Alfa, será importante identificar todas as gerações, para compreendermos como esta nova geração substituiu a geração Z e por que devemos focar nossa atenção nela. Dados curiosos O doutor Cristián Parker realizou as seguintes classificações geracionais baseando-se nos elementos interessantes de cada época, bem como as características sociais, políticas, econômicas e culturais que marcaram cada etapa. Advertisement Baby boomers São os que nasceram entre os anos 1946 e 1965, eles se caracterizam pela preocupação da educação como uma forma de mudança fundamental para a evolução humana. Têm arraigados os valores familiares. Geração X ou MTV Nascidos entre os anos 1961 e 1980, eles viram nascer a internet, por isso é uma geração ativa e comprometida que se adapta com facilidade às tecnologias e às redes sociais. Geração Y ou Millennials Nascidos entre 1980 e 2000, são pessoas que se encontram familiarizadas com o uso da tecnologia. Sua maneira de se comunicar é mais ampla, então, eles não têm medo de propor e inovar novas estruturas de trabalho, porque têm a visão de arriscar-se. Geração Z Nascidos entre os anos 1990 e 2010, eles levam ao extremo a comunicação por redes sociais, interessam-se menos pelos livros em detrimento do estabelecimento de relações via Facebook, Twitter, WhatsApp, entre outras. Geração Alfa São as crianças nascidas depois de 2010. Segundo os especialistas, têm uma inteligência única que vai além da realidade, concentrando-se no artificial, onde a tecnologia supere a inteligência humana. Advertisement Geração Alfa, ideologias sem limites Os estudos apontam que a geração Alfa marcará uma etapa muito diferente das anteriores, já que serão pessoas que crescerão com o uso da tecnologia e, por isso, seus ideais não terão limites ou fronteiras. Características da Geração Alfa 1 Facilidade tecnológica São crianças que, desde que nascem, estão familiarizadas com os dispositivos eletrônicos, por isso aprendem a manejar a internet antes de começar a ler, escrever, inclusive caminhar ou falar. Não é de espantar que estas crianças aprendam a criar algoritmos inteligentes baseados em seus próprios gostos ou preferências, já que estão acostumadas a que, com uma simples palavra de busca ou inclusive sua própria voz, os dispositivos encontrem a informação de que precisam, sem fazer esforço. 2 O mundo real e virtual são iguais As crianças estão habituadas e familiarizadas ao fato de que o mundo das telas seja cada vez mais semelhante ao mundo real. Para elas não há diferença na compreensão da informação que veem, seja na realidade ou através de um dispositivo móvel. Muitas crianças atualmente têm seus próprios perfis e blogs, onde compartilham sua vida íntima com diferentes pessoas ao redor do mundo, sem tentar embelezar e ocultar sua realidade, já que para elas não há diferença; em poucas palavras se mostram tal como são. 3 São mais criativas São crianças que exploram sua criatividade com o uso da tecnologia, explorando mais além para criar novas maneiras de se comunicar e se divertir. A geração Alfa se comunica através das redes sociais, onde compartilham brincadeiras, desafios e interesses comuns com outras crianças. Usar a tecnologia é muito mais fácil para elas, já que são crianças capazes de fazer blogs, animações, vídeos, editar fotos, entre outras coisas. Advertisement 4 Melhor relações com seus pais De acordo com uma publicação do New York Times, os pais modernos dedicam aos seus filhos mais tempo de qualidade do que aqueles que nasceram na década de 70. Graças a seus filhos terem nascido com a tecnologia a seu favor, os pais compartilham mais com eles para aprender sobre o uso dos dispositivos digitais. Eles ainda têm mais tempo juntos, já que gostam de compartilhar um videogame, ouvir um áudio livro, desenham ou pintam em um aplicativo, ou editar alguma fotografia. Os pais sabem que a Internet é uma grande ferramenta para que seus pequenos aprendam com mais facilidade. 5 Mais empáticos São crianças que lutam pelos valores morais, pois são mais vulneráveis às injustiças do mundo pela grande quantidade de informação que recebem. Tornam-se mais empáticas com a dor alheia e com as causas que prejudicam seu meio ambiente. Defenderão sempre a conservação do planeta e evitarão a extinção dos animais, bem como dos direitos humanos, fazendo com que as outras pessoas cumpram com as normas e regras estabelecidas socialmente. 6 Mais longevos O progresso tecnológico na medicina tem crescido a passos largos, por isso estas crianças terão a sorte de experimentar e melhorar a sua qualidade de vida. Alguns especialistas dizem que A geração Alfa poderá viver mais de 100 anos, já que a medicina moderna poderá combater muitas doenças que põem em risco a mortalidade humana. 7 Poucos irão para a universidade Segundo um estudo, a geração Alfa deixará de ir à universidade para se preparar profissionalmente, porque todo o conhecimento, assim como o desenvolvimento de sua inteligência, habilidades e capacidades estão ao alcance delas à distância de um clique. Advertisement O estudo também considera a possibilidade de que as crianças Alfa adquirirão conhecimento de forma autônoma graças à sua capacidade de autoaprendizagem. Inclusive, obterão empregos que possam realizar no conforto de suas casas, trabalhando online. A geração Alfa é o futuro, eles se converterão na esperança de um mundo melhor e de conseguir mudar por completo as ideias que comprometem o destino humano. Chega de guerras, chega de racismo, chega de injustiças, chega de pobreza e desigualdade. Aprendamos com eles a ser pessoas melhores, mais bondosas e mais empáticas com os problemas alheios. Toma un momento para compartir ... Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada? Periodicamente, você também receberá ofertas especiais de nossos parceiros Clique aqui para ver página original

Nenhum comentário:

Postar um comentário