segunda-feira, 20 de janeiro de 2020

O BRASIL É...

Entenda os atributos que separam os termos geográficos, políticos e territoriais de cada local


UOL - O melhor conteúdo
CURIOSIDADES » CIVILIZAÇÕES

QUAL A DIFERENÇA ENTRE ESTADO, NAÇÃO E PAÍS?

Entenda os atributos que separam os termos geográficos, políticos e territoriais de cada local
ALANA SOUSA PUBLICADO EM 20/01/2020, ÀS 11H30
Bandeiras de países ao redor do mundo
Bandeiras de países ao redor do mundo - Divulgação
Existem semelhanças entre Estado, nação e país. É fato de que os termos estão ligados e remetem ao mundo político e social. Entretanto, é importante entender as particularidades de cada tópico, que, por serem similares, confundem muita gente.
Nação é o conjunto de membros em um determinado território. Sejam ligados por cultura, economia, língua ou passado histórico. A ideia de nação remete mais a um agrupamento humano do que a um poder governamental ou soberano. A Palestina é uma nação sem Estado, pois, apesar de ser formada por cerca de 7 milhões de pessoas, não há um Estado soberano.
Estado, por sua vez, diz respeito a uma autoridade soberana em tal território, que abriga os poderes administrativos e políticos que governam o povo — sua nação —. Nesses poderes podemos incluir escolas, hospitais públicos e governos locais, todos os aspectos que, juntos, exercem a força maior de uma sociedade. O Estado também abrange as leis, medidas e ordens jurídicas que regem o país. A Escócia é um modelo de país sem Estado, já que oficialmente está inserida no Estado do Reino Unido, sede do Parlamento.
Já, país, mesmo estando ligado ao conceito de Estado, difere-se um pouco em características básicas. O território, localizado na maioria das vezes dentro do Estado é chamado de país. Este termo é principalmente associado a uma designação geográfica (incluindo os atributos físicos e naturais) mesmo existindo exceções, como, por exemplo, os Cavaleiros de Malta, que são considerados um Estado sem país, por exercerem poder e não possuir um território fixo.

+Saiba mais sobre o tema através das obras abaixo
História da Inglaterra: Da invasão de Júlio César à Revolução de 1688, David Hume (e-book) - https://amzn.to/38d7K9l
Box A riqueza das nações, Adam Smith (2015) - https://amzn.to/2R7uamV
Riqueza das nações: Uma investigação sobre a natureza e as causas da riqueza das nações, Adam Smith (2009) - https://amzn.to/30wEYOh
Estado, governo, sociedade, Norberto Bobbio (2017) - https://amzn.to/3amU65y
Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a revista Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Nenhum comentário:

Postar um comentário