terça-feira, 21 de janeiro de 2020

BOLSONARO INOCENTA LULA E DILMA

Desde a campanha presidencial Jair Bolsonaro prometia abrir a caixa preta do BNDES, segundo o presidente havia irregularidades e os governo petistas teriam entupido ditaduras com dinheiro público, após abrir a tal caixa preta o resultado seria trágico se não fosse tão cômico, isso por que o resultado frustou Bolsonaro, sua base e inocentou definitivamente seus desafetos Lula e Dilma.



Bndes: bolsonaro gastou 48 milhões em investigação que inocentou petistas!
Ceilândia em Alerta21 de janeiro de 2020 13:13




Desde a campanha presidencial Jair Bolsonaro prometia abrir a caixa preta do BNDES, segundo o presidente havia irregularidades e os governo petistas teriam entupido ditaduras com dinheiro público, após abrir a tal caixa preta o resultado seria trágico se não fosse tão cômico, isso por que o resultado frustou Bolsonaro, sua base e inocentou definitivamente seus desafetos Lula e Dilma. O presidente então contratou uma auditoria e gastou 48 milhões segundo o jornal Estadão, Bolsonaro dava como certo que seria encontrada irregularidades, mas, conforme nosso blog adiantou no dia 18 de dezembro de 2019 na reportagem BOLSONARO ABRIU CAIXA PRETA DO BNDES QUE INOCENTOU PETISTAS!
O Relatório final da auditória do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) divulgado no fim do ano passado, nesta segunda-feira (20), revela que a tentativa de o governo Bolsonaro de criminalizar o Partido dos Trabalhadores, a partir das operações financeiras realizadas pelo BNDES, caiu por terra.
Segundo o relatório, não houve nenhuma irregularidade nos contratos firmados com a JBS, o grupo Bertin e a Eldorado Brasil Celulose, realizadas entre 2005 e 2018. “Os documentos da época e as entrevistas realizadas não indicaram que as operações tenham sido motivadas por influência indevida sobre o banco, nem por corrupção ou pressão para conceder tratamento preferencial à JBS, à Bertin e à Eldorado”, diz trecho do relatório de oito páginas.
Nada consta também na CPI do BNDES que teve como foco as supostas irregularidades no banco que nos governos do PT financiou políticas de apoio a empresas nacionais, promovendo o crescimento econômico no País, com geração de empregos e renda e tão pouco foram encontradas irregularidades nos “supostos empréstimos irregulares para ditaduras”, o que foi encontrado foram operações de crédito para empresas que trabalharam em obras nesses países, com os mesmos mecanismos usados por bancos de desenvolvimento internacionais e apontados no relatório como lucrativos para o BNDES.O mesmo já havia sido comprovado na gestão do governo golpista de Temer foi publicado o livro Verde do BNDES (balanço da atuação do banco entre 2001 e 2016), realizado durante a gestão de Paulo Rabelo de Castro, presidente da instituição, que trazia informações relevantes, “mostrando inclusive, não só a rigidez, a sanidade de todas as ações do banco como ainda demonstrando que o BNDES era extremamente lucrativo e imprescindível ao desenvolvimento brasileiro”.No final a peça de campanha difamatória de Bolsonaro contra o PT era Fake. E ele fez o banco gastar R$ 48 milhões para descobrir mais uma mentira, frustrar bolsonaristas, inocentar petistas e fazer a militância de esquerda cair na risada.Texto: Ana FernandesEdição: Pedro OliveiraInformações: O Estadão e site do PTSiga nossas redes sociaisSite: https://www.ceilandiaemalerta.com.br/Site: https://jornaltaguacei.com.br/Página no Facebook: https://www.facebook.com/CeilandiaEmAlerta/Página no Facebook: https://www.facebook.com/jtaguacei/Facebook: https://www.facebook.com/jeova.rodriguesneveswiter: https://twitter.com/JTaguaceiInstagram: https://www.instagram.com/p/B7dbhdLH46R/?igshid=1xg5rkqaqkuka

Nenhum comentário:

Postar um comentário