Postagens

Mostrando postagens de Dezembro 26, 2019

O FIM DA CIVILIZAÇÃO COMO CONHECEMOS

Um bom empirista que soube observar [empiricamente] os últimos quarenta, cinquenta anos, sabe perfeitamente que o crescimento populacional entrará em declínio a partir de agora, 2020; Que a qualidade de vida que teve seu ápice em 1940 e que passou a cair desde então, iniciará sua entrada em nova fase, a partir de agora, em queda livre e de maneira incontrolável; Que adisponibilidade dos recursos naturais presentes no planeta – que são finitos – mas lideranças “evangélicas” dizem ser infinitos, por se tratar de “obra de deus” cairá de forma vertiginosa, assustadora e contínua. Tudo isso impulsionado pelo o não esperado aquecimento global provocado pelo o grande impulso no aumento no nível de poluição, que deu grande salto na década de 1990, e que continua crescendo atualmente de maneira irreversível!! À medida que a população terrena cresce, a qualidade de vida e os recursos naturais vão ficando mais escassos e a poluição cresce exponencialmente, acentuando e acelerando o aquecimento do p…

DEUS, CRISTO, POVO...

Assim como usam tanto o nome de deus em vão para tudo, buscando benefícios próprios, da mesma forma usam o nome do povo. Em nome de deus, de cristo, do povo criam e recriam necessidades artificiais; criam e recriam problemas, ódios, divisões, violências, perseguições, guerras. Destroem... Matam aos milhares, milhões e no fim o beneficiado é tão somente o criador das situações benefícios. E deus, cristo, o povo não passa de objeto reutilizável enquanto o próprio povo se deixar crê num deus, num cristo e no próprio povo que ele não sabe quem os são!! E dar-lhes “natal”, “confraternização” [fim de ano], e “ano novo” com as velhas mesmas enganações: e dar-lhes carnaval, “paixão de cristo”, um Tiradentes despedaçado, “dia do [povo] trabalhador”, um corpus Crist, “independência” do Brasil, padroeira do Brasil, dia das crianças, dia de finados, “proclamação da republica”, e novamente dar-lhes “natal”, “confraternização”... É semana santa, é páscoa, é quaresma; são festas e mais festas que só s…