Postagens

Mostrando postagens de Julho 5, 2019

Para o Antipetismo...

Imagem
Nem Cuba, nem Venezuela: país que mais recebeu recursos do BNDES foram os EUA Gazeta do Povo2 de julho de 2019 19:02

Os financiamentos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para obras de infraestrutura em países da América Latina e África, principalmente nos casos de países sob regimes ditatoriais, são o principal alvo dos questionamentos ao banco na famosa “caixa-preta” que o governo Bolsonaro exige que seja aberta. Mas, afinal, onde e por que o BNDES empresta recursos para operações no exterior? O BNDES emprestou, entre 1998 e março deste ano (data de seu último balanço), US$ 10,499 bilhões para empresas brasileiras realizarem obras no exterior, na modalidade “exportação de serviços de engenharia” em 15 países da América Latina e da África. Desse total, US$ 6,862 bilhões já foram pagos pelos entes devedores, US$ 3,119 bilhões ainda estão dentro do prazo de pagamento e US$ 518 milhões estão atrasados, representando parcelas não pagas por Venezuela e Moçambiq…

O Russo é Escorpião

Imagem
Com a PF investigando Glenn, Moro atravessa o Rubicão, por Luis Nassif GGN3 de julho de 2019 00:44

O Ministro Sérgio Moro se rendeu à síndrome do escorpião. É a velha fábula do escorpião que pede carona para um sapo, para atravessar o rio. O sapo reluta: – Não vou te levar, porque você vai querer me picar. – Bobagem, sapo. Se eu te picar, você morre e eu morro junto. O sapo concorda. No meio do caminho, o escorpião pica o sapo. E ele, antes de afundar: – Por que você fez isso, se vai morrer também? – É da minha natureza, sapo. É da natureza de Moro o uso de toda sorte de expedientes contra os réus, e de violência imprudente contra os críticos. A síndrome do escorpião o fez ordenar condução coercitiva do blogueiro Eduardo Guimarães. A razão foi uma representação feita contra ele junto ao Conselho Nacional de Justiça. O efeito foi tão negativo, inclusive na mídia aliada, que Moro recuou e não seguiu adiante. Agora, com Glenn Greenwald, a natureza do escorpião aflora novamente. Ao coloca…