quinta-feira, 26 de dezembro de 2019

DEUS, CRISTO, POVO...



Assim como usam tanto o nome de deus em vão para tudo, buscando benefícios próprios, da mesma forma usam o nome do povo.
Em nome de deus, de cristo, do povo criam e recriam necessidades artificiais; criam e recriam problemas, ódios, divisões, violências, perseguições, guerras. Destroem... Matam aos milhares, milhões e no fim o beneficiado é tão somente o criador das situações benefícios. E deus, cristo, o povo não passa de objeto reutilizável enquanto o próprio povo se deixar crê num deus, num cristo e no próprio povo que ele não sabe quem os são!!
E dar-lhes “natal”, “confraternização” [fim de ano], e “ano novo” com as velhas mesmas enganações: e dar-lhes carnaval, “paixão de cristo”, um Tiradentes despedaçado, “dia do [povo] trabalhador”, um corpus Crist, “independência” do Brasil, padroeira do Brasil, dia das crianças, dia de finados, “proclamação da republica”, e novamente dar-lhes “natal”, “confraternização”... É semana santa, é páscoa, é quaresma; são festas e mais festas que só são festas se houver consumismos!!!
Tudo com apelo a deus, a cristo, ao povo.
E o “povo” não se cansa. NUNCA!!
Mas, felizmente para o planeta terra, e com a ajuda generosa do genocida e anticristo bolsonaro usando o nome de deus acima de todos e... de tudo, em nome do “bem-estar” dos povos indígenas e dos povos da Amazônia, destruirá a Amazônia acelerando nosso fim como povo, como gente, como espécie, como “humanos” que se aproxima com o fim deste século 21!!
FALTA MUITO POUCO!!

De um lugar qualquer, 26 de Dezembro de 2019
Negreiros, Professor...

Nenhum comentário:

Postar um comentário