domingo, 23 de junho de 2019

Foi golpe slm


Brasil acorda dizendo que "foi golpe" disfarçado de impeachment
Blog do Esmael23 de junho de 2019 09:39




O humor do brasileiro está mudando à medida que novas informações do submundo da Lava Jato vêm à luz. Neste domingo (23), por exemplo, o País inteiro acordou dizendo que “foi golpe” disfarçado de impeachment o que ocorreu em 2016.
A frase “foi golpe” é um dos assuntos mais comentados na manhã de hoje no Twitter.
O contexto da discussão se dá nas intensas revelações do site Intercept que em parceria com a Folha trouxe à tona que a força-tarefa atuou fortemente para derrubar o governo constitucional de Dilma Rousseff; que o ex-juiz Sérgio Moro agiu em conluio com o Ministério Público para prender Lula e tirá-lo da disputa presidencial; que o ministro da Justiça xingou de “tontos” os meninos do MBL (Movimento Brasil Livre); o lançamento do filme Vertigem (Netflix); etc. e tal.
Restou evidente que acusador e julgador não só agiam em conluio, mas mantinham uma relação de “fidelidade canina” para enfrentar pressões externas, sobre tudo do ministro do STF Teori Zavaski.
O sistema penal acusatório previsto na Constituição Federal proíbe veementemente que o julgador atue para enfraquecer a defesa reforçando a acusação. A falta de imparcialidade do julgador causa nulidade absoluta da sentença.
São vários os pontos que deixam perigosa a volta de Moro para o Brasil. Ele viajou esta semana para os Estados Unidos com a promessa de depor novamente na Câmara dos Deputados sobre esses vazamentos antidemocráticos e antirrepublicanos.
Acerca das reportagens do Intercept
O combate à corrupção era feito com métodos corruptos, fora da lei, segundo revelou o site The Intercept ao Brasil e ao mundo.
1- juiz e acusação afastaram e escalaram procuradores para o caso Lula;
2- eles combinaram estratégia comum [julgador e MPF] para agravar a situação de acusado;
3- eles vazaram seletivamente para a velha mídia com a finalidade de prejudicar uma das partes;
4- eles protegeram político do PSDB que não queriam melindrar e, portanto, proteger de seus rigores midiáticos; e
5- aliás, eles faziam o plano de mídia conjuntamente contra adversários políticos e adversários.
Por isso tudo, nós do Blog do Esmael também concordamos: foi golpe, sim.

0 comentários: