quinta-feira, 20 de março de 2014

A corrupção por partido


MCCE divulga ranking da corrupção por partido

Postado por . 03:01:00 09/07/2013


Crédito : Nani
Do MCCE - Com base em dados divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral, o Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral divulgou um balanço com os partidos com maior número de parlamentares cassados por corrupção desde 2000. O DEM, com 69 cassações, tem o equivalente a 9,02% de todos os políticos cassados no período de apuração, sendo o campeão. Os dados foram computados em 2007 e publicados em 2009. 
Veja, abaixo, o ranking da corrupção COMPROVADA em cada partido e clique aqui para acessar o dossiê na íntegra. 

A imprensa omite que os principais corruptos são pessoas e organizações ligadas à ditadura militar. Em julho de 2013, o Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE) divulgou um ranking com os partidos mais corruptos do Brasil usando como base dados obtidos junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Nele, o DEM, principal herdeiro da Arena (partido oficial da ditadura) liderava a lista. No total, este partido teve 69 deputados cassados por corrupção de nos últimos doze anos. Na lista, também estão entre os cinco primeiros colocados partidos ligados direta ou indiretamente ao regime militar. O segundo colocado é o PMDB, que fazia ama oposição oficial ao regime. Em terceiro lugar está outro direitista: o PSDB; que foi criado por intelectuais liberais ligados ao PMDB, mas que se tornou o principal aliado de sobreviventes da ditadura como o DEM. Na sequência aparecem o PP e o PTB. O primeiro também é uma dissidência da Arena e um dos seus principais líderes é Paulo Maluf, governador de São Paulo (1979-1982) indicado pelos militares. O segundo, apesar do nome, não tem nenhuma vinculação com o varguismo e após sua fundação apoiou o governo do general Figueiredo. Hoje, Fernando Collor, também ligado à ditadura, é um dos principais nomes do partido. Na época da ditadura, uma grande parte da imprensa capitalista compactuava com os militares e omitia os casos de corrupção. Um exemplo disso ocorria com a rede Globo, aliada de primeira hora dos golpistas de 1964. Hoje, esta mesma emissora faz uma campanha de demagogia de combate à corrupção e, assim como naquela época, também tem como objetivo omitir a corrupção de políticos burgueses oriundos do regime ditatorial como: Paulo Maluf, Fernando Collor, José Sarney, Jader Barbalho etc.
http://www.prpa.mpf.mp.br/institucional/prpa/campanhas/politicoscassadosdossie.pdf
http://www.camaraempauta.com.br/portal/artigo/ver/id/2463/nome/MCCE_divulga_ranking_da_corrupcao_por_partido
http://www.pco.org.br/conoticias/nacional/os-maiores-corruptos-sao-filhotes-da-ditadura/aepp,z.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário