Cadê o nacionalismo do governo bozo-nazi-fascista?

QUE NACIONALISMO É ESTE? POR QUE ESTES TRAÍRAS EXIBEM O TEMPO TODO A BANDEIRA BRASILEIRA, O VERDE-AMARELO,  SE SÃO OS VENDILHÕES DA PÁTRIA?

Se Bolsonaro faz tanta apologia à ditadura, seria bom mandar uma lista para ele  com algumas decisões econômicas e sobre  relações internacionais dos anos 1970 para ele  decorar. Ou será que da Ditadura, ele só quer mesmo copiar a tortura, a censura e os assassinatos de opositores?

Na década de 1970:
* o Brasil restabeleceu relações diplomáticas com vários países do Oriente Médio e também reconheceu a Organização para a Libertação da Palestina (OLP) como legítimo representante desse povo na XXIX Assembleia Geral da ONU;

*o Brasil votou contra Israel, nessa mesma instância, considerando o sionismo como forma de racismo, gerando insatisfação do governo norte - americano;
*o Brasil estabeleceu relações diplomáticas  com a  República Popular da China e  reconheceu o governo instituído pelo marxista Movimento pela Libertação de Angola (MPLA);

*contrariando os Estados Unidos , o Brasil se negou a assinar o Tratado de Não Proliferação de Armas Nucleares, com a seguinte justificativa do então presidente/ditador Geisel: " (...) representa uma discriminação. O Brasil não pode ter tecnologia nuclear, mas os Estados Unidos, a Inglaterra, a França, a Rússia e mais tarde a China podem? ... O Brasil iria se colocar a priori numa posição de inferioridade em relação aos outros? Seria acertado? O sentimento nacional pode aceitar isso? Somos inferiores aos outros? (...) Suponham que o Brasil tenha uma guerra e nos bombardeiem com a bomba atômica. O Brasil vai abrir mão a priori, de poder revidar? Será que isso é lógico?"

*Sobre a "ajuda" militar dos Estados Unidos ao Brasil, o ditador Geisel comentou , em 1978, "(...) "o que eles nos mandam não é o melhor armamento (...). Mandam aquilo que é obsoleto para eles, quando já há coisa muito melhor. Quanto às missões que mantinham aqui, uma do Exército e uma naval, na realidade elas funcionavam como agência de informações..."

*marcante foi o acordo nuclear com a República Federal da Alemanha em 27 de junho de 1975, prevendo-se fornecimento de suprimentos básicos e a transferência de tecnologia nuclear, o que gerou fortes ressalvas por parte de Washington que se negava fornecer o urânio  enriquecido para o Brasil desenvolver seu projeto nuclear.

 *Em 1974, o governo brasileiro reconheceu a República Popular da China, em detrimento de Taiwan. Em 1978 Brasil e China assinaram um tratado comercial, onde se comprometeram a desenvolver o comércio bilateral. Criou-se a Comissão Mista Brasil-China, com a primeira reunião agendada para o mesmo ano em Brasília. O objetivo principal de tal acordo era a abertura de mercado. Sob idêntico prisma, o Brasil assinou em 1975 um acordo comercial com a União Soviética.

#...#

Disqus Comments
Tecnologia do Blogger.

About

© 2017 Portal Pan Americano - Template Created by goomsite - Proudly powered by Blogger